Tudo sobre Segurança do Trabalho

O que é a CIPA?

Advertisements

Você já deve ter se perguntado o que significa CIPA, ou o que é a CIPA? caso ainda não saiba, não fique envergonhado, é comum não sabermos de tudo, e você não precisa ficar preocupado com isso, mas se você já é um profissional de segurança do trabalho, é essencial que você já tenha conhecimento disso, e se você é um estudante, que leia o post até o final para não ficar de fora em discussões sobre a CIPÁ em sua aula, sendo assim de hoje não pode passar, e você irá aprender o que essa sigla significa, para que ela serve, como também quem faz parte dela.

Então vamos lá, o que é CIPA? estas siglas significam “comissão interna de prevenção de acidentes”. E o que seria isso? para que serve? vamos chegar lá. Saiba que a CIPA é regida pela norma regulamentadora de número cinco(NR5), e é obrigatória em qualquer empresa com mais de 200 funcionários.

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA

Ela serve para evitar acidentes de trabalho, é uma organização dentro da própria empresa que visa eliminar os riscos de acidentes e doenças ocupacionais(doenças ocupacionais são doenças relacionada ao trabalho). Nela há líderes de ambos os lados, tanto do trabalhador, quanto do empregador, e isso é de muita importância, pois os dois lados devem ser ouvidos, para entrarem em acordo em situações necessárias, como também ter um ambiente de trabalho mais confortável para ambos.

Ambos os lados(empregado e empregador) fazem parte da CIPA

Vamos olhar para a norma regulamentadora nº 05, segundo o item 5.33, o treinamento para a CIPA deverá ter no mínimo, os itens que deixarei abaixo:

1 – Noções sobre a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida – AIDS, e medidas de prevenção;

2 – Metodologia de investigação e análise de acidentes e doenças do trabalho;

3 – Estudo do ambiente, das condições de trabalho, bem como dos riscos originados do processo produtivo;

4 – Organização da CIPA e outros assuntos necessários ao exercício das atribuições da Comissão.

5 – Noções sobre as legislações trabalhista e previdenciária relativas à segurança e saúde no trabalho;

6 – Princípios gerais de higiene do trabalho e de medidas de controle dos riscos;

7 – Noções sobre acidentes e doenças do trabalho decorrentes de exposição aos riscos existentes na empresa;

 

Advertisements

Advertisements